“a morte dos poetas”, por valter hugo mãe

“Era uma sala de conversas e leituras e juntavam-se textos do António Pedro Ribeiro aos da Florbela Espanca, e tudo cabia porque a vontade era a de pensar acerca das palavras, nunca limitá-las. “

Valter Hugo Mãe para o Jornal de Letras

Anúncios

One response to ““a morte dos poetas”, por valter hugo mãe

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s